O aparecimento da marca

A marca Opta surge no ano de 2013 quando Camilo Leite, imerso no cenário internacional do sector do vinho, estabelece uma parceria com o enólogo Nuno Cancela de Abreu, com o intuito de colocar no mercado uma nova Opção para satisfazer o simples prazer de desfrutar do que é português. Numa lógica de conquista de novos segmentos de mercado, a estratégia de referências complementares foi o argumento que conduziu à sinergia comercial que possibilitou, não só a abertura de portas a novos mercados, mas também marcar uma posição mais competitiva nos mesmos. Dispondo de uma gama completa, não de uma única referencia mas sim de uma panóplia de referências, que permite dar uma boa resposta ao mercado e, assim concorrer nos vários segmentos, reforçando a imagem das marcas.

A Marca

A Opta nasce com foco no mercado externo e no consumidor internacional, afirmando-se pela sua originalidade e, também, pelo dinamismo que a torna capaz de acompanhar tendências e participar no crescimento mundial. É uma marca pensada para voar pelo mundo, e levar a nossa “portugalidade” em cada garrafa, ambicionando ser a escolha pela produção nacional além-fronteiras. Distinguindo-se pelo elevado sentido patriótico da marca, o nome Opta, derivado da palavra opção, surge com o propósito de incitar o cliente a optar pelo que é português, a optar por Portugal.

A andorinha

A andorinha é uma das aves mais comuns em Portugal e é encontrada, não só no céu, mas também estilizada na olaria e cerâmica, pendurada em varandas ou até mesmo aplicada em fachadas. Ao longo do século XX, a andorinha tornou-se um símbolo popular, devido à sua natureza alegre, corajosa e hábil, tanto itinerante como fiel, regressam na Primavera, ano após ano, onde ficam até ao final do verão. Também pela sua simbologia romântica, conotada com os valores do lar, família e lealdade, que de uma forma animada e romântica parece retratar o caráter do povo português, este animal tornou-se um verdadeiro ícone nacional e o símbolo do lar português pela sua opção em regressar todos os anos ao mesmo ninho, o mesmo que construiu com lama e palha desta nobre terra. Ela Opta por Portugal…